Adesão automática ao cadastro positivo de crédito vai à sanção presidencial

Especialista em Concurso BH

A adesão automática de consumidores e empresas aos cadastros positivos de crédito segue para sanção presidencial. O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (13) mudanças nas regras do cadastro positivo, instrumento criado em 2011 para ser um banco de dados sobre bons pagadores, contrapondo-se aos famosos cadastros negativos (como Serasa e SPC), que registram maus pagadores. O texto aprovado foi o PLP 54/2019, originado do substitutivo da Câmara dos Deputados ao PLS 212/2017-Complementar. Foram 66 votos favoráveis e 5 contrários.

A expectativa é que a universalização do cadastro positivo estimule a queda dos juros nos bancos. Aprovado pelo Senado, o projeto agora depende da sanção presidencial: http://bit.ly/2UBmXL4

Fonte: Senado Federal